Cadeira: o problema é a maneira como se senta?!

 Em Coluna, Osteopatia, postura, Saúde

Nos últimos 20 anos, a cadeira tornou se um dos simbolos mais poderosos do corpo moderno.

Faça uma contagem rapida das cadeiras que tem em casa… no carro… nos arrumos… Agora pense nas cadeiras do escritório, do lugar onde almoçou, dos transportes públicos, dos carros pelos quais passou nas filas de trânsito intermináveis. Agora adicione a cadeira dos estádio, da sala de espetáculo, hospital, igreja, universidade e tem a bonita conta de 7 cadeiras por cada ser humano no mundo. Agora pense que quase não existem referências a cadeiras na Antiguidade.. e quando existem normalmente estão ligadas a grande poder e riqueza.

Com o ato de ficar sentado por muito tempo às vezes sendo descrito como “o novo tabagismo”, sabemos que passar longos períodos em cadeiras é ruim para nós. As cadeiras não são apenas insalubres – elas, assim como a poluição do ar, estão se tornando quase impossíveis de serem evitadas pelos humanos modernos. Se a vida moderna nos apresenta um bouquet de comportamentos sedentários, então as cadeiras são os caules dessas “flores”.

São objetos tão necessários para se levar uma vida moderna que a maior parte do que fazemos parece inimaginável sem elas.

Mas com a Revolução Industrial, veio o crescimento brutal, o uso e abuso de cadeiras, o que fez explodir o COMPORTAMENTO SEDENTÁRIO. Que levou a que muitos seres humanos passem em média 15 horas sentados por dia. Entre o tempo do trabalho, das refeições ou do tempo de lazer no sofá. Ainda acha que o problema é da maneira como se senta?

Se sofre de dores na coluna, marque uma visita na nossa clínica! Para marcações de consultas, dúvidas e outras questões, ligue 914 441 371.

Call Now ButtonAgende uma consulta Sensação de "estalo" ou de "ressalto" na ancaA importância da respiração na qualidade de vida do ser humano